Os brasões do império e a persistência dos símbolos

Enquanto o resto do mundo mergulhava numa guerra implacável, Portugal do Estado Novo alheava-se na propaganda do regime e construía uma exposição monumental que exaltava as glórias nacionais e do império colonial… Comemorava-se o 8º centenário da fundação da nacionalidade, a pretexto da data em que D. Afonso Henriques usou pela vez o título de Rei de Portugal (1140), e o 3º centenário da restauração da independência, após o período filipino (1640).

Fonte da Praça do Império Foto: André Varela Remígio, 29 ago. 2014.

Fonte da Praça do Império
Foto: André Varela Remígio, 29 ago. 2014.

Continuar a ler