O futuro dos museus, entre a recuperação e a inovação

Dia Internacional dos Museus 2021: “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”

Um tempo de inusitada crise pode ser interiorizado como uma oportunidade de transformação e, com isso, de melhoria. Ao longo do último ano, vivido entre confinamentos, os museus foram obrigados a encerrar e a procurar novos modelos de comunicação e interação com os públicos, enquanto lidavam (e continuam a lidar) com uma reabertura limitada por imposições sanitárias, com os efeitos decorrentes da quebra de receitas, com uma gestão de meios cada vez mais precários, com os problemas da planificação a médio e a longo prazo, com a imprevisibilidade e a insegurança. Por tudo isso, este é um momento crucial de mudança, mas também de recuperação dos valores identitários do museu.

Também, por isso, o ICOM propõe o tema “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar” para o Dia Internacional dos Museus 2021, convidando os museus, os seus profissionais e as comunidades a criar (ou imaginar) e a partilhar novas práticas cocriativas, bem como novos modelos de negócio adaptados a instituições culturais e soluções inovadoras que respondam aos atuais desafios sociais, económicos e ambientais.

Continuar a ler “O futuro dos museus, entre a recuperação e a inovação”