Viajar no tempo de Lisboa

Lisboa Story Center, Praça do Comércio, Lisboa
Museu da Cidade, Campo Grande, Lisboa

“Viajar no tempo” não é expressão minha: fui com o F. e a B., 10 e 13 anos respetivamente, e foi assim que o mais novo comentou a ida ao Lisboa Story Center. Há algum tempo tínhamos ido ao Museu da Cidade e aquilo que os dois melhor recordam é que havia lá pavões e que andaram a apanhar penas espalhadas pelo jardim. Do museu? Bem, esse foi um bocado “seca”.

F. no Lisboa Story Center

F. no Lisboa Story Center
Lisboa, 2014

Para que fique assente: estão os dois acostumados a ir a museus e gostam de lá ir, constroem histórias à sua maneira, veem, observam o que lhes chama a atenção, interrogam acerca do que não percebem. Do Lisboa Story Center (será um museu?), gostaram e muito; do Museu da Cidade (será o que se espera, hoje, de um museu?), não gostaram, nem lhes deixou memórias. Se em ambos os sítios, é contada a história de Lisboa, é a forma de comunicar que diverge.

Continuar a ler